Partilhe

Vila Cabral Pinto

A Vila Cabral Pinto – da qual não se encontrou registo da sua origem ou projeto inicial – terá sido construída no final do século XIX ou nas primeiras décadas do século XX.

O edifício tinha seis habitações distintas – quatro no piso térreo e duas no piso superior- todas com varandas ou pátios. O acesso às casas era feito diretamente a partir da rua através de pátios e um passadiço, conferindo ao conjunto caraterísticas normalmente associadas às das vilas operárias do mesmo período na zona de Lisboa.

Por se considerar o edifício singular optou-se como estratégia de projeto pela preservação da sua matriz estrutural e tipológica.

Seguiram-se também as indicações do Plano Diretor Municipal de Oeiras, que define a área em que se insere o edifício da rua de Olivença, na categoria de espaços centrais – áreas consolidadas a requalificar, sendo que “se pretende a requalificação e valorização do tecido urbano, no que diz respeito ao edificado existente”.

Conservaram-se as fachadas, alterou-se a cobertura de modo a conseguir mais um piso e uma maior cubicagem interior e manteve-se, com algumas alterações, o sistema autónomo no acesso a cada habitação.

No piso térreo os acessos às duas casas é feito pelos pátios a tardoz.

No piso superior o acesso aos quatro apartamentos duplex é feito pela área de varanda e pérgula propostas. Esta nova estrutura cria uma continuidade com a edificação contígua e define um alinhamento no plano de fachada da rua. A pérgula define uma zona de sombra criando uma área de estadia exterior para os apartamentos.

LOCALIZAÇÃO ALGÉS, PORTUGAL

PROJETO 2018

CLIENTE PRIVADO

ÁREA 711 M2

ARQUITETURA JOSÉ ADRIÃO – COORDENAÇÃO

CARLA GONÇALVES, ANA GRÁCIO – CHEFE DE PROJETO

ANA ISABEL SANTOS, CAROLINA CALMON, LEONARDO MARCHESI, MARGARIDA PEREIRA, RUBEN FIGUEIREDO

ESTABILIDADE CARLOS SARAIVA

ESPECIALIDADES CARLOS SARAIVA, ELISEU CRISTINO, FERNANDO MARTINS

FOTOGRAFIA EXISTENTE NUNO ALMENDRA

IMAGEM 3D Filipe Vieira Borralho

38.702316,-9.232371
Ver mapa