Partilhe

DOURADORES

A proposta assenta na reabilitação/transformação do edifício ao nível das suas frações habitacionais, loja e sobreloja.
Pretende-se que a intervenção recupere e potencie a flexibilidade espacial da tipologia Pombalina. De modo a responder às exigências contemporâneas de conforto e mobilidade, introduz-se um elevador junto à caixa de escadas, numa zona central do edifício e que permite salvaguardar a caixa de escadas.
Tirando partido do edifício ser de gaveto e possuir 2 frentes de rua (Douradores e Santa Justa) e mantendo a estrutura Pombalina original de sucessão de espaços, propõe-se a criação de três apartamentos por piso (esquerdo | frente | direito), todos maioritariamente da tipologia T1.
Cada apartamento possui um núcleo de águas, composto por instalação sanitária e cozinha, otimizando assim a introdução de condutas no edifício, maximizando o espaço disponível e tirando partido da possibilidade de ventilação transversal em todos os apartamentos.

Localização Rua dos Douradores, Lisboa, Portugal
Projeto 2013
Cliente Privado
Arquitetura José Adrião – Coordenação
Ricardo Aboim Inglez – Chefe de Projeto
Gonçalo Ponces, João Albuquerque Matos, Tomás Forjaz
Estabilidade ARA – Alves Rodrigues Associados
Especialidades Pensamento Sustentável
Fiscalização Teixeira Trigo
Fotografia Hugo Santos Silva

38.712788,-9.137169
Ver mapa